São Roque: muito Vinho e outras Delícias

Além de boa comida, eventos e grandes atrativos, 

um convite delicioso para saborear a bebida dos Deuses

 

No interior de São Paulo está a Cidade do Vinho, São Roque. Fundada na segunda metade do século XVII é uma Estância Turística do Estado e faz jus ao mérito com muitas opções de passeios, pontos históricos bem preservados e o bem conhecido roteiro Rota do Vinho, além de fazer parte do Circuito Taipas de Pilão, abrigando a Casa e a Capela Sítio Santo Antônio.

 

Para chegar a esta bela e encantadora cidade, as rodovias são: Castelo Branco ou Raposo Tavares e eu, tenho uma história particular com este lugar: além de ser perto de Cotia, a família do meu pai cresceu na região e ainda tenho muitos parentes que vivem por lá, como minha madrinha, tios e vários primos. Então, por conta da proximidade e familiaridade, vou e volto sempre e, cada visita, tem seu passeio específico e momentos especiais.

 

Em uma dessas vezes, eu conheci o complexo turístico Ski Mountain Park: o parque está em uma das belas montanhas da cidade a 1.200m acima do nível do mar, com uma área de 320mil/m² de mata atlântica nativa. Entre as principais atrações, destaque para a pista de esqui e snowboard, feita com placas de polietileno, trilha ecológica, tobogã com três pistas onde cada uma determina sua velocidade, com 350m de extensão cada e o teleférico, passeio sobre o parque com vista para a cidade de São Roque.

 

A região é repleta de pousadas e chalés para quem quer descansar em contato com a natureza e o centro de São Roque também abriga bons lugares para comer, como o Restaurante Yamami, comida oriental de qualidade e com excelentes preços, bem localizado próximo a Igreja da Matriz, ponto turístico do município que foi construída no século XVII. Claro, que já passou por algumas reformas, mas hoje é considerada uma das mais belas igrejas do Estado de São Paulo.

 

Outros pontos a serem visitados são: o Centro Cultural Brasital que antigamente era uma indústria têxtil, construída em 1890, sendo uma das primeiras deste ramo no estado de São Paulo. E seu nome é bem curioso – Brasital é a junção de Brasil e Itália e o local conta com uma trilha ecológica chamada de Caminho das Águas e tem entrada grátis; outras atrações são a Estação Ferroviária, Parque Recanto da Cascata do lado do Expo São Roque, onde todo ano acontece as exposições de Vinho e Alcachofra (muitos festejos típicos, como a pisa da uva) e Orquídeas e Plantas Ornamentais e a Villa do Artesanato, pouco antes do início da Estrada do Vinho, com muitos comes e lembrancinhas típicas, além de um belo playground para os pequenos. 

 

Para os adeptos às trilhas, camping e montanha, a atração é o Morro do Saboó, que muitos consideram um lugar místico na região. O nome é indígena e significa “Morro Pelado” e diz a lenda que é um dragão adormecido (acho que dormiu demais e a vegetação do lugar o dominou, rsrs). O local com uma altitude de pouco mais de 1000 metros conta ainda com uma vista privilegiada de 360 graus para toda a cidade, região e arredores.

 

 

E para chegar até lá, é possível ir de transporte público até o centro da cidade, pegar um ônibus municipal ou já ir andando até o pico. Ou com seu próprio veículo, você consegue chegar até os pés da montanha. Existem muitas placas com indicação e é muito bem demarcada. Mas vá cedo, pois é uma trilha bem aberta e de nível um pouco complicado por conta da intensa subida. Leve muita água. O Morro do Saboó está localizado em uma área privada, mas é aberto gratuitamente para o visitante. Mas lembre-se: só deixe pegadas e mantenha a preservação deste ponto turístico.

 

Já o Roteiro do Vinho é formado pela Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e Rodovia Quintino de Lima e você não paga nada para realizar o passear, visitar as vinícolas e degustar bons vinhos, deliciosos produtos típicos. Gastos você terá caso você opte por roteiros guiados, almoçar nos ótimos restaurantes que tem durante o trajeto e com lembranças da região.

 

Eu acho que fica muito cansativo fazer todo o caminho a pé, mas não é impossível: o Trilhas & Passeios e o Ecotrilheiros sempre organizam passeios mais em conta para lá. Ou monte seu grupo e alugue uma van, até por conta da lei seca, já que em todas as paradas possuem degustações, ou ainda vá de bicicleta, de carro com membros da família e amigos, pois vale muito a pena, é um passeio para um dia inteiro recheado de guloseimas e muito vinho.

 

Na Rota do Vinho você fica sabendo de tudo: da origem da uva até a produção do vinho. Realmente, São Roque é um local privilegiado, onde você pode passar momentos de lazer memoráveis nas fazendas, pesqueiros, ranchos e pousadas. E tudo isso à apenas cerca de 70 quilômetros da capital paulista. Eu amodorro tudo por lá. Aproveite você também!

 

Foto: Facebook André Domingues

E um up date de notícias: A prefeitura está fazendo reparos no Trem Maria Fumaça que já está na cidade, para iniciar os passeios turísticos na região. Em breve mais informações.

 

 

 

#VamokiVamo @MochilandoNasViagens 😉

 

Legal? Acompanhe nas redes e ajude a compartilhar:
20

Deixe uma resposta