Resumão Mochilão: Bolívia, Chile e Peru

Para relembrar 26 dias pela América do Sul
Oi, povo!
Caraca, escrever depoimento leva tempo. Gente como é difícil conciliar trabalho, estudos, vida social, comer, dormir, planejar a próxima grande trip, viagens de final de semana, academia que comecei este mês e contar minha história para vocês, ufa! Mas espero que vocês tenham paciência que aos poucos vou colocando tudo por aqui.
Como todos sabem a última grande trip foi o Mochilão de 26 dias por Peru, Bolívia e Chile. Fiz um resumão com algumas informações básicas, aquelas que todos procuram e que sempre geram dúvidas. E, lembrando sempre que quaisquer outros questionamentos podem e devem ser feitos na parte dos comentários aqui embaixo do post ou na página do face: http://www.facebook.com/MochilandoNasViagens?fref=ts.
Vamos lá – Minha viagem foi bem típica: andei no trem da morte (que não tem nada de assustador); peguei ônibus horríveis, com poltronas que não inclinavam, sem banheiro, foram horas dentro de carros atravessando vários penhascos; sofri com a altitude, com o frio, com o ar seco, meu nariz não parava de sangrar, roncava, me sentia muito cansada e tive umas duas dores de cabeça muito fortes; andei demais em Machu Picchu; tive momentos maravilhosos e momentos difíceis quando furtaram a bolsa da minha amiga; deixei propina na saída da Bolívia, fiz coisas ilegais, enfim, de tudo um pouco para a aventura ficar recheada e inesquecível. Mas, quando nos propomos a fazer uma viagem dessas: Mochilão, estamos dispostos e sujeitos a tudo e o que mais importa foi memorável e maravilhosa.
E para vocês, aqui segue o que ocorreu, minha experiência e dicas para você fazer ainda melhor.
ROTEIRO – Viagem de 26 dias.

 

 

Cidades visitadas (a partir da primeira): Campo Grande / Corumbá – Quijarro/Santa Cruz de la Sierra / Sucre / Potosí / Uyuni – Salar / San Pedro do Atacama / Arica / Tacna / Arequipa / Nasca/Cusco/Águas Calientes / Ollantaytambo/ Puno / Copacabana / La Paz / Brasil.

 

DINHEIRO / DOCUMENTOS

– Pesquisei muito antes e decidi levar quase todo meu dinheiro em dólares e levei uma parte em peso chileno.

– Cartão de crédito: levei três, devidamente desbloqueados, liberados para acesso no exterior e nenhum funcionou, ou seja, trouxe menos coisas.

 

SAÚDE
– Um mês antes de ir tomei a vacina contra Febre Amarela e levei a carteirinha que eles dão, o Certificado internacional. Primeiro, me cadastrei nesse site:

http://www.anvisa.gov.br/viajante/index.asp?Cadastro=Cadastro

E tanto a vacina quanto a fazer o Certificado fiz na minha cidade.

– Levei minha carteirinha de estudante da ISIC (40 reais) e levei meu RG original; meu passaporte estava vencido e não quis gastar dinheiro com isso agora. E também tirei duas cópias de tudo e coloquei uma parte da mochila de ataque e outra na mochila cargueira, enquanto os originais andavam comigo na doleira.

 – Seguro Saúde Viagem: achei melhor fazer para amenizar o que é inevitável um dia. Graças a Deus não precisei. Fechei com uma seguradora um Seguro Porto e parcelei em 4x R$ 25,00 (30 dias – América do Sul).
BAGAGEM
Viajei com minha mochila velha de guerra, uma Regatta Survivor 45 Litros que comprei na Irlanda por 25 euros, com uma mochila esportiva de 15 litros e 1 mochila que dobra da decatlon. Na ida o mochilão estava pesando quase 10Kg; tranquilo pra carregar e a mochila de ataque quase 5kg.

 

Roupas:

– 4 camisetas secagem rápida (tipo time de futebol)
– 3 camisetas de manga curta
– 2 camisetas regatas (que deixei no meio do caminho)
– 1 camiseta de manga longa e gola alta
– 1 blusa segunda pele
– 1 jaqueta com capuz
– 1 jaqueta corta vento

– 1 fleece todo fechado
– 1 cachecol
– 1 gorro
– 1 boné
– 1 calça jeans velha que deixei no meio do caminho
– 2 calças tipo legging
– 1 shorts
– 2 calças de moleton (uma deixei pelo meio do caminho
– 1 par de havaianas
– 1 tênis
– 1 bota impermeável
– 8 pares de meias
– 20 calcinhas (fui jogando algumas fora)
– 2 soutiens
– 2 tops
– 1 biquini
Higiene:
– 2 toalhas de banho secagem rápida
– 2 toalhinhas de rosto
– 1 sabonete em barra grande
–  shampoo e condicionador – 3 frasquinhos
pequenos e mais umas 3 amostras grátis de cada e um frasquinho de creme sem enxague
– 1 escova e 1 creme dental grande
– 1 pente de cabelo, cotonetes
– 1 frasquinho de perfume
– 1 desodorante anti-transpirante
– 1 cantil
–  Rimel, lápis para os olhos e um brilho
labial
– 1 frasco de hidratante (que eu usei pro corpo todo, inclusive rosto)
– 1 protetor solar FPS 30
– 1 protetor labial e 1 manteiga de cacau
– 1 pacote de lenços umedecidos
– 2 rolos de papel higiênico – mas tive que comprar mais dois
– protetor diário e absorvente
Medicamentos:
– dramin
– neosaldina
– vitamina C
– antigripal
– band-aid
– álcool em gel
– colírio

 

Outros:

– 3 cadeados normais

– sacolas plásticas e alguns sacos de lixo (coloquei um aberto dentro da mochila também

– linha e agulha

– lanterna

– óculos de sol

– 1 bolsa tiracolo pequena

– 2 necessaires nas quais eu distribui cada coisa conforme sua conveniência

– Câmeras, pilhas, pen drive, carregadores, cartões de memória

 

Bom, isso foi um resumão de tudo. Agora voltarei a postar os relatos mais detalhados de cada dia cidade/passeio. Aproveitem e lembrem-se: quaisquer outros questionamentos podem e devem ser feitos na parte dos comentários aqui embaixo do post ou me mandando e-mail: mochilandonasviagens@yahoo.com.br ou nas páginas do face: Mochilão América do Sul, Mochilão México e América Central ou Jornalista Cristiane Ramos.
Legal? Acompanhe nas redes e ajude a compartilhar:
20

Deixe uma resposta